Indique a um amigo
Mitos e verdades sobre a pressão arterial

Quando o assunto é a sua saúde, não dá para descuidar, não é mesmo? Quem nunca se deparou com questões como: é verdade que o sal aumenta a pressão arterial? Quem é hipertenso pode fazer atividade física regularmente? Tenho pressão baixa. É verdade que se colocar uma pitada de sal sob a língua, ou mastigar algumas azeitonas, posso normalizá-la? Para esclarecer essas e outras dúvidas frequentes, o cardiologista-intervencionista Hélio Castello, coordenador do Serviço de Hemodinâmica do Hospital Bandeirantes, de São Paulo, desmitifica essas e outras questões a respeito da hipertensão (pressão alta) e hipotensão (pressão baixa), para que você não caia em nenhuma armadilha. Afinal, alguns dos sintomas podem até ser parecidos, mas o controle é bem diferente.

QUANDO A PRESSÃO ESTÁ BAIXA, COLOCAR UMA PITADA DE SAL EMBAIXO DA LÍNGUA RESOLVE.

MITO:
o sal pode elevar temporariamente o nível da pressão, mas não é a melhor forma de resolver o problema. Para elevá-la realmente, o corpo deverá reter líquido, e isso não acontece imediatamente com a ingestão de sódio.
A forma ideal para amenizar os desconfortos da pressão baixa é tomar muito líquido, como água e sucos naturais. E, caso esteja muito mal, deitar-se no chão mantendo as pernas levantadas acima da cabeça.

DOR DE CABEÇA É SINAL DE PRESSÃO ALTA.
VERDADE: pode ser, mas vale ressaltar que o problema deve ser investigado, pois a dor de cabeça pode ter outras causas não diretamente ligadas à pressão.
Se o paciente sente-se mal por muitos dias, o ideal é procurar o médico.

O CALOR FAZ A PRESSÃO CAIR.
VERDADE: a alta temperatura provoca uma vasodilatação, associada a certo grau de desidratação, e pode fazer a pressão baixar. Por isso, manter-se hidratado é fundamental para evitar que o mal se estabeleça.

PRESSÃO ALTA PROVOCA SANGRAMENTO NASAL.
VERDADE: um dos sinais da hipertensão pode ser o sangramento nasal inexplicável, devido ao rompimento de pequenos e finos vasos existentes na mucosa do nariz, mais frágeis à elevação da pressão.

A HIPERTENSÃO PODE SER CONTROLADA APENAS COM UMA ALIMENTAÇÃO BALANCEADA E EXERCÍCIO FÍSICO.
VERDADE: em alguns casos sim, principalmente quando os níveis de pressão não são muito altos, ou em pacientes cujo excesso de peso é uma das causas do aumento da pressão. Porém, deve haver acompanhamento médico, sempre!

HIPERTENSOS NÃO PODEM FAZER ATIVIDADE FÍSICA.
MITO: eles podem fazer, mas após a avaliação de um cardiologista. Inclusive, dependendo da idade, com teste de esforço realizado previamente. Além disso, pode ser muito útil o acompanhamento de um professor de educação física. Os exercícios promovem melhor adaptação do coração e dos vasos às alterações fisiológicas que ocorrem nos momentos de estresse físico e mental, ajudam na perda de peso (uma das causas da hipertensão), melhoram o controle do diabetes e diminuem o estresse, pois propiciam maior socialização do indivíduo.

EXERCÍCIOS AERÓBICOS AJUDAM A BAIXAR A PRESSÃO.
VERDADE: sendo acompanhados por um professor de educação física, esse efeito tende a ocorrer, pois a atividade aeróbica (caminhada, andar de bicicleta) facilita o controle da pressão a médio e longo prazo. Ou seja, sob orientação, as caminhadas diárias são indicadas (sem esquecer da hidratação, para que o indivíduo não perca água e não se sinta fraco durante a atividade). Só é preciso restringir o uso de isotônicos (por serem ricos em sódio, que eleva a pressão).

HISTÓRICO FAMILIAR DE PRESSÃO ALTA INDICA QUE A PESSOA SERÁ HIPERTENSA.
MITO:
ela deve ficar atenta, mas não significa necessariamente que terá o problema. Fatores como fumo, álcool, sedentarismo, má alimentação e obesidade também são relevantes para determinar quem será ou não hipertenso.

   
© 2008 Clube Campineiro de Regatas e Natação. Todos os direitos reservados.